Treino para Hipertrofia

treino hipertrofiaA hipertrofia é o aumento fisiológico ou patológico das células e órgãos do corpo. No caso da hipertrofia muscular fisiológica, podemos dizer que é o aumento da massa muscular frente à maior exigência de trabalho, como no caso de programas de treinamento físico. Um exemplo de hipertrofia muscular patológica é o aumento do coração em virtude de sobrecarga do coração. A capacidade de hipertrofia é variável de acordo com o tipo de células e o estimulo recebido, sendo um processo delicado onde pode acontecer o aumento, a adaptação e também a degeneração das células.

Uma das principais características da hipertrofia é que ela é um processo reversível, diminuindo ou parando o estimulo o processo reverte e as células voltam ao normal.

A partir dessa rápida definição do que é a hipertrofia, podemos perceber que através de um programa forte de treinamento físico é possível estimular o aumento das células responsáveis pelo desenvolvimento muscular, gerando a hipertrofia muscular. Porém o processo não é tão simples assim, e além de muito treino é necessário ter conhecimento sobre os grupos musculares que necessitam ser trabalhados e a forma de trabalhar esses músculos. Existem muitas polemicas acerca das melhores séries de treinamento para desenvolver a hipertrofia muscular, enquanto profissionais e atletas experientes discutem sobre o número ideal de repetições, quantas séries, o tempo de execução, etc.

Costuma-se dizer que não existe uma receita pronta como uma receita de bolo, e cada atleta deve encontrar o seu próprio ritmo de treino que funcione e que traga melhores resultados para si, pois cada indivíduo reage diferente a rotinas diferentes, assim você só vai chegar a perfeição com a experiência, otimizando ao máximo o seu próprio corpo, descobrindo o que funciona melhor no seu corpo.

Altere os exercícios, a frequência, a intensidade, o volume a periodicidade e analise as como seu corpo responde, assim você vai chegar a um treino ideal, adaptado  para o seu corpo e para a sua genética.

Vale lembrar que nem o mais elaborado treino para hipertrofia vai ter resultado se não houver uma atenção mais que especial para o aspecto nutricional. Os músculos para crescerem e se desenvolverem precisam de alimento, assim é necessário um programa alimentar que de suporte para o ganho muscular que se pretende. Esse programa alimentar deve ser rico em proteínas, carboidratos, além de muita água e provavelmente também serão necessários os conhecidos suplementos, sem os quais vai ser muito difícil chegar a um ganho muscular significativo.

A hipertrofia muscular é um processo que ocorre naturalmente pelo estimulo maior de um grupo de músculos, e qualquer um pode chegar a ter um corpo musculoso e definido, porém é preciso ter conhecimento e principalmente para os iniciantes o auxílio de um profissional ou pessoa mais experiente é fundamental, para evitar lesões e outros problemas.


Deixe um Comentário

{ 1 trackabck }

Previous post:

Next post: