Alongamento x Aquecimento

Muito se fala em alongamento e aquecimento quando o assunto é qualquer tipo de atividade física. Porém, muitas pessoas confundem e entendem as duas práticas como sinônimos, como se tratassem da mesma coisa, mas não são.

Alongamento e aquecimento são praticas diferentes e que tem objetivos diferentes. Ambas são muito importantes para quem pratica qualquer atividade física e deverem ser obrigatoriamente executadas antes de começar propriamente as séries de treinamento.

Devemos sempre iniciar com o alongamento, que também é uma parte do aquecimento, mas que tem o objetivo de literalmente “alongar” a sua musculação, esticar seus músculos através de exercícios normalmente estáticos.

O alongamento deve preceder qualquer exercício de musculação, pois é capaz de prevenir o encurtamento de grupos musculares, dando maior flexibilidade e amplitude aos movimentos com menor risco de lesões e distensões nos tendões e músculos, proporcionando ganho de força, agilidade e de velocidade na prática dos exercícios. Mas o principal objetivo do alongamento é realmente de evitar lesões e por isso deve ser realizado antes e depois de qualquer pratica física. O alongamento é feito com exercícios específicos de alongamento para cada grupo muscular.

Já o aquecimento, deve ser realizado antes da pratica de musculação e depois do alongamento. Ele tem o objetivo de dilatar as artérias que irrigam os músculos, provocando maior circulação de oxigênio, alimentando os músculos durante o esforço e estimulando o sistema nervoso a oferecer respostas mais rápidas durante a prática desportiva, como resultado potencializa seu treino.

O principal objetivo do aquecimento é otimizar o treino, preparando o indivíduo tanto fisiologicamente quanto psicologicamente para a musculação, fazendo com que aumente a temperatura, a taxa metabólica, a coordenação e a capacidade das articulações suportarem a carga, além da velocidade e força na contração muscular.

Assim, o aquecimento prepara o corpo para o exercício e também previne acidentes musculares e lesões como cãibras e distensões e também  distúrbios respiratórios como pontadas do lado. O aquecimento pode ser feito com uma pequena corrida e movimentos amplos de braços e pernas ou outra forma que ative progressivamente o sistema cardiovascular.


Deixe um Comentário

Previous post:

Next post: